quarta-feira, 29 de janeiro de 2020

ISSOUFFU MAHAMADOU ASSUME ENVIO DE UMA MISSÃO DE EMERGÊNCIA EM BISSAU

CérémoniePresidente do Níger, Presidente em exercício da CEDEAO, decidiu envolver-se pessoalmente na solução da crise pós-eleitoral na Guiné-Bissau, como país membro da comunidade.
Issouffou Mahamadou acaba de tomar a iniciativa de uma missão de emergência em Bissau para investigar a realidade no terreno. Numa nota dirigida ao Primeiro Ministro da Guiné-Bissau, Aristides Gomes.
Escritório do Representante da CEDEAO em Bissau informa da chegada nesta quinta-feira, 30 de janeiro de 2020, de uma missão de Comité Ministerial de Monitoramento Comunitário para avaliar a situação política pós-eleitoral do país.

Esta missão especial é liderada pelo Ministro dos Negócios Estrangeiros, Cooperação, Integração Africana e o Níger no Exterior, Kalla Ankourao. Inclui o Ministro de Estado, o Secretário Geral da Presidência da Guiné, Youssouf Kridi Bangoura e o marfinense Jean Claude Kassi Brou, Presidente da Comissão da CEDEAO.

Os emissários do presidente Issouffou Mahamadou pretendem encontrar os protagonistas, mas especialmente os líderes das instituições do país, para encontrar uma saída airosa para mais uma crise que está a bloquear o funcionamento normal do país.

A Guiné-Bissau enfrenta uma crise pós-eleitoral desde que foram anunciados os resultados do segundo turno das eleições presidenciais de 29 de dezembro. Esses resultados, dando ao candidato da Madem Umaro Sissoco Emballo o vencedor, foram contestados perante a Suprema Corte pelo candidato do Paigc, Domingos Simões Pereira.

Sexta-feira passada, quando a CEDEAO pediu a nomeação do candidato declarado vitorioso, uma decisão firme deste órgão supremo,  ordenou à Comissão  Nacional de Eleições que retome imediatamente o processo de apuramento nacional de inicio.

A missão da CEDEAO poderá assim tirar proveito da situação para ajudar este país na comunidade a encontrar um fim pacífico para a situação pela qual está passando.
Rispito.com/Fonte: F.D.B, 29-01-2020

Sem comentários:

Publicar um comentário

ATENÇÃO!
Considerando o respeito pala diversidade, e a liberdade individual de opinião, agradeço que os comentários sejam seguidores da ética deontológica de respeito. Em que todas as pronuncias expressas por escrita não sejam viciadas de insultos, de difamações,de injúrias ou de calunias.
Paute num comentário moderado e educado, sob pena de nao sair em público