quinta-feira, 30 de abril de 2020

Fernando Gomes é novo Procurador-Geral da República

O Presidente da Guiné-Bissau, Umaro Sissoco Embaló, nomeou esta quinta-feira Fernando Gomes para o cargo de Procurador-Geral da República. O advogado já foi presidente da Liga Guineense dos Direitos Humanos.
"É o Senhor Fernando Gomes, nomeado Procurador-Geral da República", decretou esta quinta-feira (30.04) o Presidente Umaro Sissoco Embaló, justificando a medida com a necessidade de assegurar a continuidade do funcionamento do sistema judicial.
O advogado substitui no cargo Ladislau Embassa, que apresentou na quarta-feira a demissão ao chefe de Estado da Guiné-Bissau para cumprir com "a ética republicana", segundo afirmou.
"A seu pedido, é o Senhor Ladislau Clemente Fernando Embassa, exonerado do cargo de Procurador-Geral da República para o qual havia sido nomeado por Decreto Presidencial N° 08/2019, de 03 der julho de 2019", lê-se noutro decreto assinado na quarta-feira por Umaro Sissoco Embaló.
O novo Procurador-Geral da República da Guiné-Bissau, Fernando Gomes, é uma figura próxima do antigo primeiro-ministro Carlos Gomes Júnior, pertenceu ao seu Governo e apoiou o regresso do político ao país e a sua candidatura à Presidência. Carlos Gomes não passou na primeira volta das presidenciais de 2019 e foi alvo de vários processos-crime relativos ao período em que chefiou o Executivo guineense.

Sem comentários:

Publicar um comentário

ATENÇÃO!
Considerando o respeito pala diversidade, e a liberdade individual de opinião, agradeço que os comentários sejam seguidores da ética deontológica de respeito. Em que todas as pronuncias expressas por escrita não sejam viciadas de insultos, de difamações,de injúrias ou de calunias.
Paute num comentário moderado e educado, sob pena de nao sair em público