quinta-feira, 19 de novembro de 2020

"É preciso trabalhar": PR da Guiné-Bissau vai propor redução de feriados no país

Umaro Sissoco Embaló vai acabar também com descanso à segunda-feira quando o feriado se assinal a um domingo.

O Presidente da Guiné-Bissau, Umaro Sissoco Embaló, disse esta terça-feira que vai propor a redução de feriados no país, justificando que é preciso trabalhar.
"Enquanto Presidente da República já falei com o Governo para propor a redução de muitos feriados, porque precisamos de trabalhar", afirmou Umaro Sissoco Embaló.

O Presidente falava aos jornalistas depois de um encontro com familiares do ex-Presidente guineense "Nino" Vieira e quando questionado sobre o fim de alguns feriados no país.

Umaro Sissoco Embaló explicou que muitos dos feriados que antes se celebravam deixaram de ser assinalados depois da abertura do país ao multipartidarismo.

O Presidente explicou também que pretende acabar com o dia de descanso à segunda-feira, quando o feriado se assinala ao domingo.
"Por exemplo, na Guiné-Bissau, quando o feriado é ao domingo as pessoas não vão trabalhar na segunda-feira, isso vai acabar", disse.
Rispito.com/SIC Noticia, 19-11-2020

Sem comentários:

Publicar um comentário

ATENÇÃO!
Considerando o respeito pala diversidade, e a liberdade individual de opinião, agradeço que os comentários sejam seguidores da ética deontológica de respeito. Em que todas as pronuncias expressas por escrita não sejam viciadas de insultos, de difamações,de injúrias ou de calunias.
Paute num comentário moderado e educado, sob pena de nao sair em público