terça-feira, 5 de janeiro de 2021

Guiné-Bissau retoma campeonato de futebol em 23 de janeiro

A Federação de Futebol da Guiné-Bissau marcou para o dia 23 de janeiro a retoma do campeonato da primeira divisão, após um interregno desde março passado, quando o Governo decretou estado de emergência devido à pandemia da covid-19.
Bonifácio Sanhá, vice-presidente da Federação com o pelouro das provas oficiais, disse hoje à Lusa que a decisão foi tomada pelo Comité Executivo e ratificada pelos associados num congresso realizado em dezembro.

A decisão, sublinhou Sanhá, foi tomada com base na comunicação do Governo que autoriza a Federação a retomar provas oficiais coletivas, à luz do estado de alerta em vigor decretado pelas autoridades desde o dia 11 de dezembro.

O campeonato da primeira divisão arranca em 23 de janeiro e o da segunda divisão no mês de fevereiro, declarou Bonifácio Sanhá.

O campeonato da Guiné-Bissau tem 38 clubes, 14 da primeira divisão e 24 da segunda divisão.

Como novidade para o campeonato de 2021, a Federação guineense, sob a liderança do empresário Carlos "Caito" Teixeira, vai custear as deslocações dos 38 clubes que militam na primeira e segunda divisão para jogos oficiais e ainda oferecer equipamentos de treino e jogo para os mesmos.

Bonifácio Sanhá destacou ainda que a Federação vai "intervir para melhorar substancialmente os campos de todos os clubes" que militam nas duas divisões, dando "outro arranjo" ao piso do jogo, construindo um muro de vedação e balneários.
"A ideia é preparar, para já, 12 campos pelados para num futuro breve receberem relvados sintéticos", observou o vice-presidente da Federação guineense de futebol.
Rispito.com/Lusa, 05-01-2021

Sem comentários:

Publicar um comentário

ATENÇÃO!
Considerando o respeito pala diversidade, e a liberdade individual de opinião, agradeço que os comentários sejam seguidores da ética deontológica de respeito. Em que todas as pronuncias expressas por escrita não sejam viciadas de insultos, de difamações,de injúrias ou de calunias.
Paute num comentário moderado e educado, sob pena de nao sair em público