quarta-feira, 8 de outubro de 2014

Parceiros da Guiné-Bissau querem formar grupo de contacto internacional

Seis organizações parceiras da Guiné-Bissau pretendem revitalizar um grupo internacional de contacto e deram instruções a três organizações internacionais, incluindo a CPLP, para operacionalizar a nova instituição.
Numa nota a que a Lusa teve acesso, produzida numa reunião à margem da 69ª. Assembleia Geral da ONU, os parceiros "pedem a revitalização do Grupo Internacional de Contacto da Guiné-Bissau, como um mecanismo eficiente e sustentável de coordenação e pedem à CEDEAO, à UA e à CPLP que tomem os passos imediatos e necessários para a sua operacionalização."
Além da Comunidade Econômica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO), União Africana (UA) e Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), fazem ainda parte deste grupo as Nações Unidas (ONU), a União Europeia (UE) e a Organização Internacional da Francofonia (OIF).
Agência Lusa 08 de Outubro de 2014

Sem comentários:

Publicar um comentário

ATENÇÃO!
Considerando o respeito pala diversidade, e a liberdade individual de opinião, agradeço que os comentários sejam seguidores da ética deontológica de respeito. Em que todas as pronuncias expressas por escrita não sejam viciadas de insultos, de difamações,de injúrias ou de calunias.
Paute num comentário moderado e educado, sob pena de nao sair em público