quinta-feira, 23 de outubro de 2014

PM adverte governadores regionais sobre responsabilidade do serviço público

O Primeiro-ministro da Guiné-Bissau, Domingos Simões Pereira, advertiu esta quarta-feira, 22 de Outubro, os governadores regionais que «servir o Estado é vestir uma camisola de serviço público».
Domingos Simões Pereira falava durante a cerimónia de tomada de posse dos novos responsáveis pelos Governos regionais, na presença do ministro da Administração Interna e de outros membros do seu Governo.


Na ocasião, o Chefe do Governo guineense sublinhou que cada acto de cada um dos governadores empossados pode representar a presença ou não do Estado, tendo chamado a atenção dos novos investidos no sentido de assumirem as posturas de quem vai dirigir uma região. 

«Nos primeiros contactos que vão começar a ter, nas vossas primeiras conversas, assumam já a postura e responsabilidade de quem vai dirigir uma região, desde as vossas residências até aos vossos locais de trabalho, e pelos meios colocados à vossa disposição, cada um destes elementos é um símbolo da presença do Estado», disse Simões Pereira.

Por outro lado o Primeiro-ministro disse que o desenvolvimento da Guiné-Bissau tem que ser fomentado a partir do interior do país, referindo que os guineenses nos últimos anos têm tido uma lógica de desenvolvimento invertida. 

«Nós temos tido uma lógica de desenvolvimento invertida, as nossas regiões de produção estão no interior e pretendemos que o desenvolvimento se irradie a partir de Bissau, mas o desenvolvimento tem que ser fomentado das nossas regiões e temos que conhecer os produtos estratégicos capazes de fazer crescer cada região», destacou.

O Chefe do Governo anunciou a execução de reuniões do Conselho de Ministros, chamando a atenção para que o país ainda não se encontra nos tempos dos anos passados, ou seja, nos anos 70, pelo que é necessário dotar as regiões de condições mínimas para que estas reuniões tenham lugar em cada uma das localidades escolhidas.

Simões Pereira revelou a iniciativa de elaboração de um plano regional de desenvolvimento, onde o documento em causa vai ser validado nestas reuniões do Conselho de Ministros.
Dotado de novo modelo de governação, Domingos Simões Pereira revelou que alguns membros vão trabalhar em colaboração com os Governadores.

Esta iniciativa foi explicada pelo Chefe do Governo, sendo que até às primeiras eleições Autárquicas não serão evidentes que todas as regiões possam cumprir as suas missões.
Entre os empossados contam-se Abu Sambu para a região de Bafatá, Humberto Augusto Co para a região de Biombo, Veríssimo Tambá para Bolama Bijagós, Rui Gonçalves Cardoso para a região de Cachéu, Mamadu Boi Djalo para a região de Gabu, Anita Djalo Sani para Oio, Binto Nanque Seidi para Quinara e Bacar Bodjan para a região de Tombali.

O Presidente da Câmara Municipal de Bissau não tomou posse por se encontrar fora do país.
PNN, 23 de Outubro de 2014

Sem comentários:

Publicar um comentário

ATENÇÃO!
Considerando o respeito pala diversidade, e a liberdade individual de opinião, agradeço que os comentários sejam seguidores da ética deontológica de respeito. Em que todas as pronuncias expressas por escrita não sejam viciadas de insultos, de difamações,de injúrias ou de calunias.
Paute num comentário moderado e educado, sob pena de nao sair em público