quarta-feira, 23 de março de 2016

Guiné-Bissau muito vulnerável aos efeitos das alterações climáticas


O Secretario de Estado do Ambiente afirmou que a Guiné-Bissau afigura-se como o primeiro país em África e segundo do mundo mais vulnerável aos efeitos das alterações climáticas.
De acordo com Seco Cassamá, a subida do nível das águas do mar, poderá tornar as comunidades costeiras e os seus modos de subsistência mais expostos a riscos de inundação e da erosão costeira, o que pode potencialmente levar ao desaparecimento de praias, vegetação, estradas, infraestruturas turísticas, escolas, vilas inteiras, além de importantes reservas de biodiversidade ativa em que a economia local se baseia.  
O Governante que presidia terça-feira em Bissau, a cerimónia da abertura do seminário sobre o Sistema de Contabilidade e de Monitorização Ambiental destinado aos técnicos das ONGs ambientais, sociedade civil, revelou que a situação da pobreza e as atitudes economicistas de certos grupos de interesses traduzem-se num aumento da pressão sobre os recursos naturais, resultando na volumosa degradação ambiental.
Para Gabriel Alvas representante adjunto do PNUD em Bissau, a Guiné-Bissau é um país rico em capital natural, tem sabido preservado relativamente bem sobretudo ao nível do seu vasto sistema nacional das Áreas Protegidas rico em biodiversidade faunística e florística que carecem ser produzidos. Recordando que a biodiversidade e ambiente são considerados o tema transversal do “Plano Estratégico Operacional Terra Ranka do Governo”, o que dá uma suma importância a este exercício ambiental.
Rispito.com/Lai Balde-correspondente, 23-03-2016

Sem comentários:

Publicar um comentário

ATENÇÃO!
Considerando o respeito pala diversidade, e a liberdade individual de opinião, agradeço que os comentários sejam seguidores da ética deontológica de respeito. Em que todas as pronuncias expressas por escrita não sejam viciadas de insultos, de difamações,de injúrias ou de calunias.
Paute num comentário moderado e educado, sob pena de nao sair em público