domingo, 29 de maio de 2016

Augusto Có espancado por militares da força de segurança 

Augusto Có segurança da sede do PAIGC e um dos elementos do grupo constituído de cerca de dez militantes e simpatizantes dos libertados bloqueados na sede do partido após o tumulto, confirmou ter sido espancado por militares da força de segurança, quando dava instruções ao seu companheiro de nome Victor sobre a proteção do grupo eletrogéneo instalado na sede do partido.

Conforme a vítima foi mesmo agredido por mais de dez militares com cacetes e biqueira de botas.  

Có disse ainda que para alem das vítimas do tumulto, cerca de cinco dos seus companheiros se encontravam com ele retidos na sede do partido foram tiranizados e torturados pelos militares que se mantinham a segurança na zona circundante do Palácio da Republica e sede do PAIGC.
Rispito.com/Lai Balde-correspondente, 29-05-16

Sem comentários:

Publicar um comentário

ATENÇÃO!
Considerando o respeito pala diversidade, e a liberdade individual de opinião, agradeço que os comentários sejam seguidores da ética deontológica de respeito. Em que todas as pronuncias expressas por escrita não sejam viciadas de insultos, de difamações,de injúrias ou de calunias.
Paute num comentário moderado e educado, sob pena de nao sair em público