segunda-feira, 1 de agosto de 2016

China inicia em breve um projecto de fabrico de tractores e de outras máquinas agrícolas na Guiné-Bissau 

Uma delegação de técnicos chineses é esperada em breve em Bissau a fim de dar início a um projecto de fabrico de tractores e de outras máquinas agrícolas na Guiné-Bissau, anunciou sexta-feira o embaixador da China no país.

A afirmação de Wang Hua foi proferida numa cerimónia em que o embaixador procedeu à entrega ao governo da Guiné-Bissau de um conjunto de máquinas e de outros bens destinados à produção de arroz no país, “a fim de tornar o país auto-suficiente neste cereal.”

O donativo era constituído por máquinas agrícolas, nomeadamente tractores, sementes e adubos, entre outros bens de produção necessários para a plantação de arroz.

Wang Hua frisou que a Guiné-Bissau dispõe de recursos naturais como água em abundância, solos aráveis, um bom clima e, sobretudo, agricultores para que o país produza o suficiente para o consumo doméstico e possa ainda exportar os excedentes.

Em resposta, o Presidente da Guiné-Bissau, José Mário Vaz, agradeceu a doação e acrescentou que os bens de produção oferecidos serão entregues directamente aos agricultores guineenses.

José Mário Vaz salientou que a transformação e diversificação da agricultura constitui actualmente um imperativo nacional, que passa necessariamente pela mecanização gradual da cadeia de produção até à comercialização dos produtos na Guiné-Bissau. 
Rispito.com/Macauhub/CN/GW, 01-07-2016

Sem comentários:

Publicar um comentário

ATENÇÃO!
Considerando o respeito pala diversidade, e a liberdade individual de opinião, agradeço que os comentários sejam seguidores da ética deontológica de respeito. Em que todas as pronuncias expressas por escrita não sejam viciadas de insultos, de difamações,de injúrias ou de calunias.
Paute num comentário moderado e educado, sob pena de nao sair em público