quinta-feira, 29 de setembro de 2016

PR viaja para Cuba em clima de impasse político no país

O Presidente guineense José Mário Vaz viajou nesta quarta-feira 28 de Setembro, para Havana, Cuba para uma visita oficial de três dias. A deslocação integrada pelo Chefe da Diplomacia, Soares Sambú, e pelo Ministro da Defesa Nacional, visa reforçar as relações de amizade e cooperação que datam dos primórdios da luta pela independência da Guiné-Bissau. Esta deslocação segue-se à curta visita efectuada ontem pelo presidente guineense à vizinha Gâmbia.

De acordo com o Presidente José Mário Vaz, o encontro com o seu homólogo Yahya Jammeh serviu para abordar a crise guineense, sobretudo, os esforços desenvolvidos ultimamente para estancar a crise. Questionado sobre uma possível data para o início das negociações no âmbito do acordo recentemente alcançado sob a égide da CEDEAO, José Mário Vaz disse que isso não depende apenas do Presidente da República, mas sim, de todas as partes envolvidas no processo.

De salientar que  em reação ao acórdão que deitou por terra a iniciativa do governo de recorrer aos tribunais para forçar o Parlamento a discutir o seu Programa de governação, o Chefe do Executivo Baciro Djá prometeu recorrer da decisão do Plenário do Supremo Tribunal de Justiça e diz que não houve quórum porque no acórdão só assinou seis juízes.
Rispito,com/RFI, 28-09-2016

Sem comentários:

Publicar um comentário

ATENÇÃO!
Considerando o respeito pala diversidade, e a liberdade individual de opinião, agradeço que os comentários sejam seguidores da ética deontológica de respeito. Em que todas as pronuncias expressas por escrita não sejam viciadas de insultos, de difamações,de injúrias ou de calunias.
Paute num comentário moderado e educado, sob pena de nao sair em público