segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Baciro Djá na cimeira do Brasil


Agora sim, a crise guineense já está no seu pico mais alto, perante a falta de comunicação oficial por parte da presidência da República e do Governo da Guiné-Bissau  sobre a participação do país na cimeira da CPLP que arrancou  hoje, 31-10-2016 em Brasil.

Ou seja, já se especulava a ausência das duas figuras do país,  a do Presidente da República e a do primeiro-ministro na cimeira do Brasil. Dos quais tanto um como outro não se dignou divulgar ao menos alguma informações sobre a sua participação. Salvo a quebra do silencio verificado pela parte da assessoria de imprensa do ministro dos Negócios Estrangeiros da Guiné-Bissau a falar de presença de Soares Sambú na cimeira.

Em circunstancias difusas e fricções continuas, há quem diga que pouco se sabia em Bissau,  os motivos que levava a não participação do José Mário Vaz e do Baciro Djá . 
Momentos depois as fotos de CPLP mostraram o Baciro Dja entre os participantes da cimeira. Daí, caiu o pano quando se verificou a presença do Djá mesmo sendo de forma descoordenada e oficialmente conhecida na imprensa guineense.

Seja como for, o factor do agravamento da crise não deve estar ausente nos motivos principais que levaram a falta de uma coordenação atempada e de conhecimento publico, ainda que CEDEAO já está outra vez a caminho de Bissau para pressionar os signatários do acordo de Conacri.
Rispito.com, 31-10-2016

1 comentário:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar

ATENÇÃO!
Considerando o respeito pala diversidade, e a liberdade individual de opinião, agradeço que os comentários sejam seguidores da ética deontológica de respeito. Em que todas as pronuncias expressas por escrita não sejam viciadas de insultos, de difamações,de injúrias ou de calunias.
Paute num comentário moderado e educado, sob pena de nao sair em público