sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

Líderes guineenses contestam novo Governo junto da CEDEAO

Dirigentes do PAIGC, PCD, UM e PND estão em Abuja.
Image result for bandeira  da guine bissauLideres de quatro dos cinco partidos com representação no Parlamento da Guiné-Bissau encontram-se na Nigéria para debater com responsáveis da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO)a crise política no país.

O encontro acontece antes da cimeira de Abuja, no sábado, 17, na qual o mediador da crise guineense por parte da CEDEAO, o Presidente da Guiné-Conacri, Alpha Condé, vai apresentar os objectivos do Acordo de Conacri e um relatório da sua mediação.

Domingos Simões Pereira, do PAIGC, Vicente Fernandes, do Partido da Convergência Democrática, Agnelo Regalla, da União para Mudança e Iaia Djaló, do Partido da Nova Democracia, vão apresentar os motivos da contestação ao novo governo guineense, que, segundo eles, não respeita o Acordo de Conacri.

Eles acusam o Presidente José Mário Vaz de ter feito um Governo fora do entendimento alcançado em Conacri, que definiu um Executivo de unidade nacional e liderado por um primeiro-ministro de consenso, o que, segundo eles, não aconteceu.
Rispito.com/VOA, 15-12-2016

Sem comentários:

Publicar um comentário

ATENÇÃO!
Considerando o respeito pala diversidade, e a liberdade individual de opinião, agradeço que os comentários sejam seguidores da ética deontológica de respeito. Em que todas as pronuncias expressas por escrita não sejam viciadas de insultos, de difamações,de injúrias ou de calunias.
Paute num comentário moderado e educado, sob pena de nao sair em público