segunda-feira, 13 de março de 2017

José Mário Vaz já pensa no segundo mandato presidencial

No sector de Pirada, segunda etapa da presidência aberta de José Mário Vaz, disse que enquanto for chefe de Estado,  ninguém  usara o território guineense para desestabilizar Senegal e a Guiné-Conacri, países irmãos com os quais, a Guine-Bissau sempre mantém boas relações.

Voltou a pedir apoio da população na sua luta de combate a corrupção na Guine Bissau exortando a  o controlo e vigilância aos bens do Estado, com vigia de todos os funcionários públicos,  para que o dinheiro público seja guardado no cofre do Estado,

Depois de auscultar a intervenção da população que pediram  a construção de estradas e escolas, melhoria das condições do hospital local e ainda água potável para alimentar as cerca de 15 mil habitantes de Pirada e arredores.
José Mário Vaz respondeu o pedido com uma afirmação publica a pensar na sua candidatura. Ou seja, garantiu a população de Pirada de que a estrada será alcatroada antes da sua volta ao sector para próxima  campanha eleitoral do seu segundo mandato
Rispito.com, 13-03-2017

Sem comentários:

Publicar um comentário

ATENÇÃO!
Considerando o respeito pala diversidade, e a liberdade individual de opinião, agradeço que os comentários sejam seguidores da ética deontológica de respeito. Em que todas as pronuncias expressas por escrita não sejam viciadas de insultos, de difamações,de injúrias ou de calunias.
Paute num comentário moderado e educado, sob pena de nao sair em público