terça-feira, 23 de maio de 2017

Especialistas da ONU visitam Guiné-Bissau no mês de  Junho

Image result for comite de sanções de onuA visita decorrerá entre os dias 12 a 15 de Junho.
Segundo as fontes à Lusa, a referida  delegação deverá encontrar-se com "as mais altas autoridades" guineenses, líderes políticos e elementos da sociedade civil e no final da missão irá produzir recomendações ao Conselho de Segurança das Nações Unidas.

A missão deveria visitar Bissau em Julho mas "dados aos últimos desenvolvimentos" relativamente à crise política, decidiu antecipar a viagem para Junho, indicou fonte da ONU.

A deslocação do Comité de Sanções das Nações Unidas à Guiné-Bissau acontecerá dias depois do fim do prazo dado aos actores políticos guineenses pela Comunidade Económica de Estados da África Ocidental (CEDEAO) para acabar com o impasse político que dura há cerca de dois anos.

O ultimato da CEDEAO termina a 25 de Maio e se não for aplicado o Acordo de Conacri, um documento patrocinado pela organização sub-regional, serão aplicadas sanções contra os que impedirem a sua execução.

A ONU, através de uma resolução voltada pelo Conselho de Segurança no passado dia 11, também apoia a aplicação do Acordo de Conacri, tendo instado de forma directa o Presidente guineense, José Mário Vaz, a respeitar o acordo.

No essencial, o Acordo de Conacri, prevê a nomeação de um novo Governo na base de consenso de todos os partidos representados no Parlamento e cujo primeiro-ministro será uma figura também apoiado por todos.

O líder guineense, José Mário Vaz, já disse no seu ultimo discurso de presidência aberta de que se o parlamento não for aberto para o programa do governo cair pelo chumbo, não irá demitir o actual primeiro-ministro, Umaro Sissoco
Rispito.com/Lusa, 23-05-2017

Sem comentários:

Publicar um comentário

ATENÇÃO!
Considerando o respeito pala diversidade, e a liberdade individual de opinião, agradeço que os comentários sejam seguidores da ética deontológica de respeito. Em que todas as pronuncias expressas por escrita não sejam viciadas de insultos, de difamações,de injúrias ou de calunias.
Paute num comentário moderado e educado, sob pena de nao sair em público