terça-feira, 5 de dezembro de 2017

BAD financia projeto de produção de arroz na Guiné-Bissau

Image result for BAD financia projeto de produção de arroz na Guiné-BissauO Banco Africano de Desenvolvimento (BAD) e o Governo da Guiné-Bissau assinaram hoje um acordo de financiamento de 5,7 milhões de euros para desenvolver o Projeto de Desenvolvimento da Cadeia de Valor de Arroz.
A assinatura do projeto, que já tinha sido aprovado em janeiro deste ano, ocorreu durante a reunião para a revisão anual conjunta do Programa de Cooperação entre a Guiné-Bissau e aquela instituição financeira.
"O BAD vai continuar a apoiar o desenvolvimento" do país, afirmou a diretora regional adjunta daquela instituição financeira, Marie Laure Olugbabe.

Segundo a responsável, as prioridades do BAD na Guiné-Bissau são em primeiro lugar a eletricidade e em segundo lugar a agricultura.
"Há mais de 40 anos que beneficiamos do importante do apoio do BAD que tem um impacto importante na vida dos guineenses", disse o ministro das Finanças, João Fadiá, sublinhando que o apoio é visível nos setores da energia, pescas, educação e assistência jurídica, que permitiu um perdão de dívida à Guiné-Bissau.

O Projeto de Desenvolvimento da Cadeia de Valor de Arroz tem como objetivo modernizar as infraestruturas agrícolas e desenvolver a produção de arroz e vai beneficiar cerca de 60.000 famílias rurais das regiões de Bafatá e de Oio.

No encontro, a responsável do BAD anunciou também que a instituição financeira vai voltar a colocar um representante na Guiné-Bissau, depois de ter sido retirado em 2011.

Uma missão do BAD iniciou segunda-feira contactos com as autoridades para a revisão conjunta da cooperação com o país.

A última revisão anual conjunta realizou-se em setembro de 2016.

Desde o início da cooperação entre a Guiné-Bissau e aquela instituição financeira, em 1976, já foram aprovadas 56 operações num montante de cerca de 200 mil milhões de francos cfa (cerca de 304 milhões de euros).
Rispito.com/Noticia ao Minuto, 05-12-2017

Sem comentários:

Publicar um comentário

ATENÇÃO!
Considerando o respeito pala diversidade, e a liberdade individual de opinião, agradeço que os comentários sejam seguidores da ética deontológica de respeito. Em que todas as pronuncias expressas por escrita não sejam viciadas de insultos, de difamações,de injúrias ou de calunias.
Paute num comentário moderado e educado, sob pena de nao sair em público