quarta-feira, 24 de janeiro de 2018

FMI recomenda "planeamento cuidadoso" do investimento público

O Fundo Monetário Internacional (FMI) aplaudiu, nesta terça-feira, 230de0Janeiro, a decisão do Governo da Guiné-Bissau de aumentar o investimento público em infra-estruturas, mas ressalvou que este exige uma "gestão cuidadosa", "planeamento e execução apropriados" e atenção à dívida gerada

"O aumento do investimento (público) é bem-vindo, na medida em que poderá colmatar falhas críticas na infra-estrutura do país, mas o processo terá de ser gerido cuidadosamente. Conseguir os efeitos de desenvolvimento pretendidos dependerá de planeamento e execução apropriados, com a devida atenção à capacidade e aos constrangimentos relacionados com a dívida. Vários projectos de investimento, no entanto, ainda não estão completamente integrados no planeamento orçamental", escreveu num comunicado a equipa do FMI que concluiu numa visita à Guiné-Bissau.

A equipa liderada por Tobias Rasmussen está em Bissau desde 17 de Janeiro, para avaliar a proposta de Orçamento de Estado para 2018, analisar as implicações fiscais e para a dívida relacionadas com a intenção do Governo de aumentar o investimento em infra-estruturas e para discutir a evolução da situação no sector bancário.

Rasmussen considerou, numa nota escrita, que "a actividade económica continua dinâmica, suportada por uma gestão fiscal eficaz. A inflação permaneceu baixa, a receita fiscal está a crescer de forma robusta, e o crescimento do PIB real continua perto do ritmo de 2017, cerca de 5,5 porcento".

Por outro lado, o investimento público e privado está a crescer, o que constitui um novo ímpeto para o crescimento.
Rispito.com/Angop, 24-01-2018

Sem comentários:

Publicar um comentário

ATENÇÃO!
Considerando o respeito pala diversidade, e a liberdade individual de opinião, agradeço que os comentários sejam seguidores da ética deontológica de respeito. Em que todas as pronuncias expressas por escrita não sejam viciadas de insultos, de difamações,de injúrias ou de calunias.
Paute num comentário moderado e educado, sob pena de nao sair em público