quinta-feira, 6 de setembro de 2018

Doze pessoas detidas pela Polícia Judiciária por morte de um homem em Biombo

Doze pessoas foram detidas por alegado envolvimento num ataque a uma família na região de Biombo, que culminou com a morte de um homem, anunciou a Polícia Judiciária.

26 de agosto, um grupo de pessoas atacou uma família de uma aldeia de Biombo, tendo matado um homem por esquartejamento, violado uma mulher e espancado várias pessoas, incluindo crianças entre um e quatro anos de idade.

Na sequência daquele crime, a PJ guineense "desencadeou várias ações e neste momento os autores do ato foram identificados e detidos", disse, em conferência de imprensa, o diretor-adjunto daquela força criminal.

Domingos Correia, que qualificou o crime de "execução bárbara" e "ato medonho", explicou que os detidos já estão a ser presentes ao Ministério Público.

"O crime, que foi cometido tendo por base acusações de feitiçaria, foi uma ação concertada e com o intuito de despistar qualquer inquérito", disse o diretor-adjunto da PJ, acrescentando que todos os autores do crime foram detidos.

"Há outras pessoas que ainda estão a ser investigadas por alegada cumplicidade", afirmou, sublinhando que as pessoas detidas são todas da mesma tabanca (aldeia).
Rispito.com/DN. 06-09-2018

Sem comentários:

Publicar um comentário

ATENÇÃO!
Considerando o respeito pala diversidade, e a liberdade individual de opinião, agradeço que os comentários sejam seguidores da ética deontológica de respeito. Em que todas as pronuncias expressas por escrita não sejam viciadas de insultos, de difamações,de injúrias ou de calunias.
Paute num comentário moderado e educado, sob pena de nao sair em público