quinta-feira, 10 de janeiro de 2019

Guiné-Bissau pede que empresários libaneses invistam no país

O presidente da Assembleia Nacional Popular da Guiné-Bissau, Cipriano Cassama, prometeu nesta terça-feira oferecer todo tipo de ajuda aos libaneses que desejam investir no país.
"A Guiné-Bissau tem um futuro promissor, e queremos compartilhar com os libaneses este futuro, por isso damos todas as garantias e facilidades, incluindo impostos e isenções alfandegárias para aqueles que desejam investir em nosso país", disse ele, segundo informou a Agência Nacional de Notícias.
As observações de Cassama vieram durante seu encontro com Mohamed Choucair, chefe da Câmara de Comércio, Indústria e Agricultura de Beirute, na presença de vários empresários libaneses.
Cassama pediu aos empresários libaneses que investissem em seu país, alegando que "a Guiné-Bissau é rica em recursos naturais, como petróleo que não é investido, assim como fosfato, ouro, cimento e outros".
Por sua parte, Choucair disse que o Líbano tem muitas oportunidades promissoras de investimento, especialmente em projetos de infraestrutura e de petróleo e gás.
"O Líbano também tem produtos que atendem aos mais altos padrões internacionais e podem cobrir muitas das necessidades da Guiné-Bissau", disse ele.
Também na terça-feira, Cassama se reuniu com o presidente libanês Michel Aoun, o presidente da Câmara, Nabih Berri, e o primeiro-ministro designado Saad Hariri, para negociações sobre a promoção da cooperação econômica entre os dois países.
Rispito.com/XINHUA, 10-01-2019

Sem comentários:

Publicar um comentário

ATENÇÃO!
Considerando o respeito pala diversidade, e a liberdade individual de opinião, agradeço que os comentários sejam seguidores da ética deontológica de respeito. Em que todas as pronuncias expressas por escrita não sejam viciadas de insultos, de difamações,de injúrias ou de calunias.
Paute num comentário moderado e educado, sob pena de nao sair em público