terça-feira, 27 de agosto de 2019

Governo entrega programa no parlamento 

O ministro da Presidência do Conselho dos Ministros e Assuntos Parlamentares e Porta-voz do Governo da Guiné-Bissau, Armando Mango, entregou, esta segunda-feira, 26 de agosto, ao presidente da Assembleia Nacional Popular guineense, Cipriano Cassama, o Programa do Governo, na ausência do chefe de executivo, Aristides Gomes, que esta no Japão a participar na VII Conferência Internacional sobre o Desenvolvimento de África (TICAD).

Segundo Mango, o documento é fundamentalmente baseado no programa “Terra Ranka”, que pretende abranger as áreas de governação e paz, infraestruturas, industrialização, desenvolvimento urbano, desenvolvimento humano e biodiversidade, dando uma atenção especial ao sector da educação e saúde.

Em declarações aos jornalistas, depois de uma audiência de cerca de 30 minutos com o líder do hemiciclo guineense, Armando Mango revela que executivo trabalha afincadamente para que o ano escolar não seja anulado nas escolas públicas do país.

“Como sabem, o executivo já aprovou antes um programa de emergência e esse programa de emergência foi difundido e, é que o governo vai executar até ao mês de dezembro, no sentido de tratar o ano escolar da forma a não poder ser anulado” explicou.

De acordo com o governante, no programa de emergência, o governo decidiu extinguir os vistos da entrada para os cidadãos guineenses com dupla nacionalidade e acabar com barreiras não tarifárias.

O ministro da Presidência do Conselho do Ministros e Assuntos Parlamentares e Porta-voz do Governo disse que agora só falta o primeiro-ministro acertar a data com o presidente da ANP para discussão e eventual aprovação do programa do governo em sessão plenária do órgão.

Segundo indicação de Mango, o programa entregue ao Cipriano Cassama não inclui Orçamento Geral de Estado (OGE) para o ano económico de 2019, que foi aprovado na quinta-feira passada no Conselho do Ministros com uma receita total de duzentos e quarenta e seis bilhões e setecentos e noventa e dois milhões de francos CFA e uma despesa total de igual montante.
Rispito.com/AC, 27/08/2019

Sem comentários:

Publicar um comentário

ATENÇÃO!
Considerando o respeito pala diversidade, e a liberdade individual de opinião, agradeço que os comentários sejam seguidores da ética deontológica de respeito. Em que todas as pronuncias expressas por escrita não sejam viciadas de insultos, de difamações,de injúrias ou de calunias.
Paute num comentário moderado e educado, sob pena de nao sair em público