quinta-feira, 12 de março de 2020

Jornalistas nacionais e estrangeiros alvo de ameaças

Na Guiné-Bissau a tensão política resultante das eleições presidenciais também se faz sentir na classe jornalística.Jornalistas nacionais e estrageiros foram alvo de ameaças e à comunicação social é lhes muitas vezes apontada falta de imparcialidade da cobertura da actual crise política.Em entrevista à RFI Português, Indira Baldé, presidente do Sindicato dos Jornalistas da Guiné Bissau, condena as ameaças que foram feitas aos profissionais da comunicação social e pede responsabilidade ao Estado na garantia da segurança dos jornalistas

Sem comentários:

Publicar um comentário

ATENÇÃO!
Considerando o respeito pala diversidade, e a liberdade individual de opinião, agradeço que os comentários sejam seguidores da ética deontológica de respeito. Em que todas as pronuncias expressas por escrita não sejam viciadas de insultos, de difamações,de injúrias ou de calunias.
Paute num comentário moderado e educado, sob pena de nao sair em público