terça-feira, 7 de outubro de 2014

Novo PGR promete “fazer justiça”
O novo Procurador-geral da República promete “fazer a justiça”, através da promoção da acção penal e da defesa da legalidade “até à exaustão “.

Estas palavras do Hermenegildo Pereira foram proferidas momentos depois do acto de transferência de poderes, esta terça-feira em Bissau, do antigo PGR, Abdú Mané ao novo número Um do Ministério Público (MP).


Sobre os casos de assassinatos nomeadamente do antigo Presidente da República, Nino Vieira, do ex-chefe de Estado-maior das Forças Armadas, Tagmé na Waie, ou dos antigos deputados Hélder Proença e Baciro Dabó, Pereira disse que os mesmos se encontram no “segredo de justiça”, contudo, diz receber informações da parte de Abdú Mané que estão na fase avançada.

Por seu turno, o antigo PRG, Abdú Mané disse que deixou esta instituição judiciária com a “consciência tranquila” e sentimento de missão cumprida, apesar de “muitas dificuldades” encontradas durante o período de transição em que esteve a frente do Ministério Público.

Em relação aos processos mediáticos que o Ministério Públicos vinha investigando nos últimos tempos, Abdu Mané informou que o de antigo guarda-fronteira, Iaia Dabó, foi “acusado” e aguarda o julgamento no tribunal.

O novo Procurador-geral de República, Hermenegildo Pereira, é magistrado de carreira, mestrado em Direito e Professor na Faculdade de Direito de Bissau.
ANG, 07 Setembro 2014

Sem comentários:

Publicar um comentário

ATENÇÃO!
Considerando o respeito pala diversidade, e a liberdade individual de opinião, agradeço que os comentários sejam seguidores da ética deontológica de respeito. Em que todas as pronuncias expressas por escrita não sejam viciadas de insultos, de difamações,de injúrias ou de calunias.
Paute num comentário moderado e educado, sob pena de nao sair em público