sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

Comunicado à imprensa

A MTN lança Facebook GRÁTIS

A MTN Guiné-Bissau lançou, hoje dia 15 de Janeiro de 2016 a aplicação www.freebasics.com, uma iniciativa em parceria com o Facebook que junta os líderes de tecnologia para ajudar as pessoas que ainda não têm acesso à internet no intuito de descobrir o valor da conectividade.

Depois de alguns países da África, da America latina e da Asia terem lançado o serviço de internet gratuito, a Guiné-Bissau torna-se no segundo país de língua portuguesa a lançar este serviço (depois da Angola), através de uma iniciativa da MTN em parceria com o Facebook, os portais BBC Africa, Sapo News, Super Sport, ESPN FC, Messenger entre outros.
Como sabemos, a conectividade significa o acesso a informação e é um motor de oportunidades. Apesar disso, dois terços da população mundial não têm acesso a essa conectividade. Em parceria com a MTN, o freebasics.com quer ajudar as pessoas ainda sem internet, na Guiné-Bissau a descobrir o poder transformador da conectividade e a aproveitar essas oportunidades.
O aplicativo freebasics.com oferece o acesso gratuito a um conjunto de conteúdos úteis como informações sobre a saúde, notícias, pesquisas, emprego, mensagens e ainda Facebook com o link direto free.fb.com.
Através do lançamento do www.freebasic.com na Guiné-Bissau, a MTN, em parceria com o Facebook, pretende fazer chegar a internet a todos os bissau-guineenses e permitir o acesso à informação bem como ao conhecimento de forma geral. Com o acesso gratuito aos serviços disponíveis no freebasics.com tiramos a barreira do custo de acesso, democratizando o acesso à internet para todos. É com orgulho e satisfação que a MTN volta a inovar e a oferecer o melhor aos seus clientes.
Para além de permitir o acesso a internet sem custos a um maior número de pessoas, a MTN quer, igualmente criar um comportamento natural de utilização de dados através da sensibilização e educação digital concervando o acesso gratuito. Nesse sentido, o objectivo é aumentar o seu número de clientes utilizadores de dados bem como aqueles menos experimentados.
Assim, posicionar-se como líder de serviços de dados na Guiné-Bissau, com fortes parcerias em Internet.
Serviços Básicos Gratuitos
A aplicação www.freebasics.com oferece serviços básicos gratuitos em mercados onde o acesso à Internet pode ser menos económico. Permite que as pessoas naveguem nos sites seleccionados sobre a saúde, o emprego e as informações locais, sem qualquer custo de dados móveis. Os serviços oferecidos de forma gratuita pelo freebasics.com na Guiné-Bissau serão:
1. Facebook (free.fb.com)
2. Facebook Messenger
3. Sapo notícias
4. BBC Africa
5. ESPN FC
6. Finanças
7. Girl Effect (informação para mulheres adolescentes)
8. E muito mais…
De forma a fazer chegar o maximo de informação a todos os bissau-guineenses e a que mais pessoas tenham acesso a este serviço gratuito e possam usufruir inteiramente dos conteúdos disponibilizados pelo freebasics.com, a MTN Guiné-Bissau preparou um folheto com breves informativas que estarão disponiveis em todas as suas agencias no territorio nacional, a partir de 30 de Janeiro de 2016. O folheto informativo explica como se configuram os serviços, como conectar-se ao freebasics.com; como criar uma conta no Facebook, como procurar amigos, como publicar um post, uma imagem, um link ou um vídeo, como falar no chat, e ainda como ter acesso a notícias em diferentes dominios como desporto, informação sobre mulheres adolescentes ou ainda sobre a saúde.
Desejamos uma boa navegação a todos os nossos clientes e esperamos uma partilha de experiência na nossa página Facebook através do link https://web.facebook.com/ . Boa navegação.

Sem comentários:

Publicar um comentário

ATENÇÃO!
Considerando o respeito pala diversidade, e a liberdade individual de opinião, agradeço que os comentários sejam seguidores da ética deontológica de respeito. Em que todas as pronuncias expressas por escrita não sejam viciadas de insultos, de difamações,de injúrias ou de calunias.
Paute num comentário moderado e educado, sob pena de nao sair em público