segunda-feira, 7 de novembro de 2016

Nuno Nabian desafia José Mário Vaz a demitir-se do cargo

O Ex-candidato presidencial, segundo mais votado e atual presidente de APU-PDGB, Nuno Gomes Nabian, volta a carga e desafia José Mário Vaz de se demitir do cargo de Presidente da republica.

Num comício popular realizado no passado domingo, 06 de Novembro em Bissau, Nuno Nabian disse que José Mário Vaz já não tem condições de dirigir o país razões pelos quais, deve demitir-se desse cargo para o bem do povo.

De acordo com o politico "este presidente a única coisa que devia fazer agora é de reconhecer a sua falha porque todo o ser humano é susceptível a cometer erros e pedir desculpas ao povo. E consequentemente pôr o seu cago a disposição para o povo escolher um novo cidadão para dirigir os destinos do país. Porque não se pode estar mais a perder tempo em aturar atrapalhações de José Mário Vaz, perante inúmeras provas de incapacidades comprovadas. Ele não pode continuar num bel-prazer de fazer o que lhe apetece, porque este país pertence a todos os cidadãos da Guiné-Bissau".

A posição de Nuno Gomes Nabian surge numa altura em que o povo aguarda com muita espetativa a nomeação de um novo primeiro-ministro cujo a figura ainda se desconhece e de formação de um governo inclusivo.

Lembra-se que na recente visita da delegação de CEDEAO à Bissau presidida pela Ellen Johnson, presidente da Liberia,  o comunicado final visa que o primeiro-ministro deve ser escolhido entre os três nomes apresentados pelo José Mário Vaz na ultima mediação realizada em Conacri. 
Rispito.com, 07-11-2016





Sem comentários:

Publicar um comentário

ATENÇÃO!
Considerando o respeito pala diversidade, e a liberdade individual de opinião, agradeço que os comentários sejam seguidores da ética deontológica de respeito. Em que todas as pronuncias expressas por escrita não sejam viciadas de insultos, de difamações,de injúrias ou de calunias.
Paute num comentário moderado e educado, sob pena de nao sair em público