terça-feira, 14 de agosto de 2018

Governo e Sindicato de Jornalistas chegam a acordo

Image result for sindicato de jornalistas da guine bissau e governo assinam acordoDepois de quatro greves, Ministério da Comunicação Social e Sindicato de Jornalistas guineenses assinaram um memorando de entendimento para equipar os órgãos de comunicação social públicos de meios necessários.

O memorando de entendimento, a que a Lusa teve acesso, é composto por 19 pontos a serem cumpridos pelo Governo e incluem a compra de viaturas, grupos de geradores para os centros emissores de Nhacra e Catió e para a Rádio Nacional, bem como o pagamento e instalação de uma linha de internet na agência noticiosa guineense e na rádio nacional.


"Considerando a importância e a pertinência social que o setor da comunicação social reveste para a consolidação do processo democrático e o Estado de Direito, as partes concluíram que é fundamental dotar os órgãos de comunicação social públicos de meios necessários para poder fazer face às exigências e demandas social nos domínios da informação, formação e sensibilização, sendo o seu papel primário", refere o memorando de entendimento.

O Governo e o Sindicato de Jornalistas chegaram também a acordo sobre a forma de nomeação dos diretores dos órgãos de comunicação social, que vai passar a ser feito por concurso público e sobre a definição do estatuto de carreira de jornalista.

Outras reivindicações feitas pelo sindicato e que também constam do memorando é a de o Governo passar a adotar anualmente no Orçamento de Estado uma rubrica sobre a subvenção coletiva aos órgãos de comunicação social pelo serviço prestado e a criação de condições para a implementação de uma taxa de audiovisual aos consumidores.

Preparação para as eleições

"Conseguimos na realidade reter aquilo que é essencial para poder fazer face ao período que se avizinha que é o das eleições. Estaremos em condições de dignificar a classe para as eleições", afirmou o ministro da Comunicação Social guineense, Vítor Pereira, que destacou a importância do acordo alcançado.

A presidente do Sindicato de Jornalistas, Indira Correia Baldé, disse estar satisfeita com o acordo alcançado e que vai agora continuar a acompanhar a aplicação do memorando de entendimento.

"Toda a negociação é negociação. Nem tudo é fácil, nem tudo é difícil, dialogamos e conseguimos chegar ao que é mais importante e a um acordo", salientou.

Os jornalistas dos órgãos públicos guineenses realizaram quatro greves nos últimos dois meses, a última das quais a semana passada.
Rispito.com/DW, 14-08-2018

Sem comentários:

Publicar um comentário

ATENÇÃO!
Considerando o respeito pala diversidade, e a liberdade individual de opinião, agradeço que os comentários sejam seguidores da ética deontológica de respeito. Em que todas as pronuncias expressas por escrita não sejam viciadas de insultos, de difamações,de injúrias ou de calunias.
Paute num comentário moderado e educado, sob pena de nao sair em público