segunda-feira, 30 de dezembro de 2019

Resultados provisórios serão conhecidos na quarta feira

A Comissão Nacional de Eleições anunciou, esta tarde, que os resultados provisórios da votação deste domingo (29.12) será conhecido na próxima quarta-feira, (01.01), tendo sublinhado que a votação foi encerrada em todo território nacional e na diáspora às 17 horas, tal como estabelecido pela lei eleitoral.
"Em algumas assembleias de votos já estão a proceder à contagem e apuramento preliminares dos resultados de votação", disse aos jornalistas Felisberta Moura Vaz, no último ponto de situação do processo.

A CNE apela à "tolerância, serenidade e sentido de responsabilidade das candidaturas, órgãos de comunicação social" e para uma conduta cívica.

CNE nega fraude eleitoral
Na comunicação, a secretária adjunta da CNE desmente as "informações levianas" que estão a circular relativamente a tentativa de fraude eleitoral.
"O apanágio e a imagem histórica desta nobre administração eleitoral não podem e nem devem, em nenhuma circunstância, compactuar com falácias, intrigas e outros males que tendem a desvirtuar os seus propósitos", lê-se na declaração final do dia da segunda volta das eleições presidenciais guineenses.

A responsável disse ainda que a CNE não pode compactuar com "falácias, intrigas e outros males que tendem a desvirtuar os seus propósitos" e que toda a sua atuação é baseada na lei "e não na vontade expressa de terceiros".

A CNE apela ao público a se manter calmo, sereno e vigilante "contra manobras atentatórias e a vã tentativa de comprometer o desenrolar do processo eleitoral que se pretende pacífico e ordeiro".
"Devemos ficar atentos para não permitir que os valores e princípios da integridade eleitoral e das conquistas granjeadas pela CNE ao longo de décadas da história eleitoral da Guiné-Bissau, sejam desvirtuadas", finalizou Moura Vaz. 
Rispito.com/Lusa, 30/12/2019

Sem comentários:

Publicar um comentário

ATENÇÃO!
Considerando o respeito pala diversidade, e a liberdade individual de opinião, agradeço que os comentários sejam seguidores da ética deontológica de respeito. Em que todas as pronuncias expressas por escrita não sejam viciadas de insultos, de difamações,de injúrias ou de calunias.
Paute num comentário moderado e educado, sob pena de nao sair em público