quarta-feira, 15 de abril de 2020


Mensagem do Secretário-Geral da ONU, sobre COVID-19 e Desinformação
Enquanto o mundo luta contra a pandemia mortal do COVID-19 - a crise mais desafiadora que enfrentamos desde a Segunda Guerra Mundial -, estamos a ver outra epidemia, uma perigosa epidemia de desinformação.
Em todo o mundo, as pessoas estão assustadas. Eles querem saber o que fazer e onde procurar conselhos.
Este é um momento de ciência e solidariedade.
No entanto, a "epidemia de desinformação" global está a espalhar-se.
Proliferações prejudiciais à saúde e soluções de óleo de banha de cobra estão a proliferar.
As falsidades estão enchendo as ondas de rádio.
Teorias da conspiração selvagens estão a infectar a Internet.
O ódio está-se a tornar viral, estigmatizando e difamando pessoas e grupos.
O mundo também se deve unir contra esta doença.
A vacina é de confiança.
Primeiro, confie na ciência.
Saúdo os jornalistas e outros que verificam a montanha de histórias enganosas e posts nas redes sociais.
As empresas de media social devem fazer mais para erradicar o ódio e as afirmações prejudiciais sobre o COVID-19.
Segundo, confiança nas instituições - fundamentada em governança e liderança responsivas, responsáveis ​​e baseadas em evidências.
E confiar um no outro. O respeito mútuo e a defesa dos direitos humanos devem ser a nossa bússola para enfrentar esta crise.
Juntos, vamos rejeitar as mentiras e bobeiras que circulam por aí.
Hoje, estou anunciando uma nova iniciativa de resposta às comunicações das Nações Unidas para inundar a Internet com fatos e ciência e combater o crescente flagelo da desinformação, um veneno que está a colocar ainda mais vidas em risco.
Com uma causa comum de bom senso e fatos, podemos derrotar o COVID-19 - e construir um mundo mais saudável, mais equitativo, justo e resiliente.
Obrigado.

Sem comentários:

Publicar um comentário

ATENÇÃO!
Considerando o respeito pala diversidade, e a liberdade individual de opinião, agradeço que os comentários sejam seguidores da ética deontológica de respeito. Em que todas as pronuncias expressas por escrita não sejam viciadas de insultos, de difamações,de injúrias ou de calunias.
Paute num comentário moderado e educado, sob pena de nao sair em público